NOVA REALIDADE PARA O COMÉRCIO DE LUXO BRASILEIRO .

Semana passada fui convidada para conhecer o Shopping J.K. Iguatemi. Uma maravilha!!! Aliás hoje em São Paulo temos praticamente a maioria das grandes marcas mundiais, especialmente as italianas e francesas, mas também inglesas,espanholas,americanas etc… Os nossos shoppings se rivalizam com os das grandes capitais mundiais e não sei se não estamos em melhor posição em termos de instalações ,espaços e luxo, muito luxo.Tudo que qualquer consumidor mais exigente sonha, já temos por aqui, com preços de mercado bem razoáveis ao contrário do que vinha acontecendo quando havia intermediários nacionais, como representantes das marcas. Há ainda um componente que trás ao consumidor um grande conforto que é a possibilidade do parcelamento dessas compras,no cartão de crédito,o que no exterior não existe.

Um fator preocupante para as marcas nacionais se deve ao calendário, além de outros,que falarei mais adiante,como qualidade de tecidos, acabamentos e  criatividade.

Os lançamentos das coleções europeias estão sempre uma estação adiantados  pois são apresentados em todo o mundo inclusive no Brasil, ao mesmo tempo: inverno Europa quando é verão no Brasil  e vice-versa, e aí está acontecendo um grande problema. Quando eles liquidam as suas coleções, o Brasil está lançando a mesma estação e aí a “porca torce o rabo” .Os preços que eles estão praticando na liquidação são imbatíveis. Sapatos da Prada, Miu miu, Dolce Gabanna, Gucci por preços mais baixos que os de lançamento das coleções nacionais, as roupas uma loucura de lindas,com tecidos inacreditáveis, o corte então,simplesmente irresistível. Quero deixar claro que estou comparando preços,qualidade e estilo com as melhores marcas nacionais como Forum, Maria Bonita,. Huis Clos,Gloria  Coelho, Reinaldo e Pedro Lourenço, Herchcovitch,Fauze Hatten etc.

Sinceramente eu não sei qual seria a estratégia do mercado brasileiro mas, eles precisam fazer alguma coisa. Baixar preços? Como fazer isso sem diminuir qualidade? Fazer o caminho inverso?Ir para lá competir na terra deles? Se juntarem com   investidores poderosos?   E o custo disso? As marcas estrangeiras estão apoiadas pelos grandes conglomerados de bancos investidores como LVMH ,simplesmente imbatíveis. Temo pelas nossas marcas, construídas com tanto sacrifício num país que tem tido tantas dificuldades.A briga não dá nem para começar. Apesar das dificuldades na Europa, o mercado de luxo cresce a cada ano, como no caso da LVMH que está na China desde 1992,investindo nesse mercado gigantesco. Só para se ter uma ideia do poder financeiro, o último desfile da Fendi em Pequim custou U$ 10 milhões de dólares!!!

Dá para pensar em competir com esses gigantes? Eu acho que não! Torço por nossa industria mas não vejo uma luz no fim do túnel.

,

Anúncios
Categorias: Home | Tags: , , , , | 5 Comentários

Navegação de Posts

5 opiniões sobre “NOVA REALIDADE PARA O COMÉRCIO DE LUXO BRASILEIRO .

  1. Sheila Castello

    Anna não conheço nada deste mercado, mas além do seu texto ser bem claro, percebo o mesmo mecanismo que em outros segmentos do mercado. Assustador não ?????

    • Apavorante Sheila. Você não pode imaginar o PODER das marcas estrangeiras.O shopping é deslumbrante,parece que você tá fora do Brasil! Aí você vai para a rua lateral e caí numa favela!!! As marcas nacionais estão passando um perrengue.Acho que não aguentam.Bjo

  2. O governo não pensa nem por um minuto em estimular o varejo nacional, assim como faz quando suspende o IPI do setor automotivo por exemplo. Não dá ao empresário de moda estímulo algum. Estes calendários tornam tudo ainda mais complicado, uma vez que o lançamento de inverno se dá em FEVEREIRO em pleno verão, e o de verão em AGOSTO, ainda no INVERNO. Fica bem difícil mesmo se sustentar neste país, manter um negócio em crescimento é uma tourada!! TRISTE!

  3. Deborah Fanhoni Ferreira

    Tema polemico e de difícil solução!

    • Muito difícil Deborah! É assustador saber que marcas como Maria Bonita,Huis Clos e outras que já fecharam as portas como Andrea Saleto ou foram vendidas para grupos investidores como Forum ou Le Lis estão enfrentando dificuldades seríssimas. Bjo e obrigada por comentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: